domingo, 19 de abril de 2009

Classificação das articulações 3

3) Articulações sinoviais, diartroses ou móveis

a) Características

- Cápsula articular: responsável por proteger a articulação e por impedir a desarticulação.
- Cartilagem hialina: reveste as extremidades articulares.
- Sinovia ou membrana sinovial: reveste, internamente, a cápsula articular e produz o líquido sinovial.
- Líquido sinovial: preenche a cavidade articular, lubrifica (diminui o atrito) e nutre os meniscos.
- Meniscos ou discos articulares: tem a função amortecedora e de adaptar as partes articulares.


b) Classificação

Articulação monoaxial: quando realiza movimentos em torno de apenas um eixo (um grau de liberdade). São articulações que só permitem o movimento de flexão e extensão. Existem dois tipos:

- Gínglimo ou articulação dobradiça: articulações interfalangianas e húmero-ulnar.

- Trocóide ou articulação em pivô: articulação rádio-ulnar proxiamal.

Articulação biaxial: quando realiza movimentos em torno de dois eixos (dois graus de liberdade. São as articulações que realizam flexão, extensão, adução e abdução. Há dois tipos:

- Articulação condilar ou elipsóide: articulações do pulso e do joelho.

- Articulação selar: articulação do 5º metacarpo com o osso trapézio.

Articulação triaxial: quando realiza movimentos em torno de três eixos (três graus de liberdade). São as articulações que realizam os movimentos de flexão, extensão, abdução, adução e rotação, ou seja, são as únicas que realizam todos os tipos de movimentos. Há um tipo:

- Articulação esferóide: articulação do fêmur com o quadril e articulação do húmero com a escápula.




1 - Esferóide; 2 - Condilar ou Elipsóide; 3 - Selar; 4 - Gínglimo; 5 - Gínglimo atípica.

2 comentários:

  1. Valeu! Ajudou-me bastante com as sedutoras tarefas anatômicas e biomecânicas da faculdade!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir