quinta-feira, 23 de abril de 2009

Classificação dos músculos

1) Quanto à forma:

a) Longos: são aqueles que possuem o comprimento maior que a largura e a espessura. São a maioria dos músculos dos membros. Exemplo: bíceps braquial.


b) Curtos: são aqueles encontrados nas articulações cujos movimentos possuem pouca amplitude. Exemplo: músculos das mãos.



c) Planos ou chatos: são aqueles encontrados no abdome e no dorso.

d) Alongados: são semelhantes à fistas. Exemplo: sartório.


2) Quanto à origem e inserção:

Origem de um músculo: é a parte fixa quando se realiza um movimento. Os músculos podem ser bíceps, tríceps ou quadríceps.

Inserção de um músculo: é a parte móvel quando se realiza um movimento. Os músculos podem ser monocaudados ou policaudados (músculos que movimentam os dedos).


3) Quanto ao número de ventres:

a) Digástricos: são aqueles que possuem dois ventres. Ex: músculo digástrico. b) Poligástricos: são aqueles que possuem mais de dois ventres. Ex: músculo reto abdominal.

b) Poligástricos: são aqueles que possuem mais de dois ventres. Ex: músculo reto abdominal.

4) Quanto à localização:
a) Superficiais: estão localizados logo abaixo da pele e apresentam, no mínimo, uma de suas inserções na camada profunda da derme. Exemplos: músculos da cabeça, do pescoço e da mão.
b) Profundos: não apresentam inserções na camada profunda da derme. Exemplos: músculos profundos do antebraço.
5) Quanto à função:
a) Agonistas: são os músculos que realizam o movimento principal.
b) Antagonistas: são os músculos que se opõem ao movimento principal, ou seja, se opõem aos músculos agonistas.
c) Sinergistas: são os músculos que impedem os movimentos indesejados.
Exemplo prático: quando um indivíduo pega uma chave que está sobre a mesa, os músculos agonistas são os flexores dos dedos, os antagonistas são os extensores dos dedos e os sinergistas são os estabilizadores do punho, do cotovelo e do ombro.

Um comentário: