domingo, 26 de abril de 2009

Medula espinhal

A medula espinhal (também chamada de medula espinal) é a porção alongada do SNC, é a continuação do encéfalo, que se encontra no interior da coluna vertebral. Ela estende-se do forame magno (abertura do osso occipital) até a parte superior da 2ª vértebra lombar, possuindo um comprimento aproximado de 45 cm.

A medula espinhal contém intumescências cervical e lombar, que são regiões espessas onde se originam os nervos dos membros superiores e inferiores. Ela contém tractos sensitivos e motores.

No centro da medula espinhal está o canal central que é percorrido pelo líquido cérebro espinhal, também chamado de líquido cefalorraquidiano e de líquor. No cérebro, o líquor ocupa o espaço subaracnoídeo (espaço entre o crânio e o córtex cerebral - mais especificamente, entre as membranas aracnóide e pia-máter das meninges). É uma solução salina muito pura, pobre em proteínas e células, e age como um amortecedor para o córtex cerebral e a medula espinhal. Este líquido é utilizado para o diagnóstico de patologias e para a introdução de antibióticos e meios de contraste.

Na medula, a substância cinzenta localiza-se por dentro da substância branca e apresenta a forma de um "H", conhecido como "H medular". A substância cinzenta é dividida em cornos e a substância branca em funículos.


Proteção e revestimento da medula espinhal:

- Canal vertebral (parte óssea).

- Meninges (dura máter, aracnóide e pia máter).

- Líquido cérebro espinhal (espaço subaracnoídeo).

- Ligamentos vertebrais.



Funções da medula espinhal: a medula conduz impulsos sensitivos da periferia do corpo ao encéfalo e respostas do encéfalo à periferia do corpo. Ela também serve como centro reflexo. Os reflexos respondem automaticamente a um estímulo que passa ao longo de um arco reflexo. Os reflexos são os principais mecanismos do corpo pra responder à estímulos dos meios interno e externo.
Nervos espinhais: são aqueles que se ligam a medula espinhal e são responsáveis pela inervação do tronco, dos membros superiores e de partes da cabeça. Formam um total de 31 pares divididos em:
- 8 pares cervicais
- 12 pares torácicos
- 5 pares lombares
- 5 pares sacrais
- 1 par coccigeano

3 comentários:

  1. Muito bom...estava procurando imagens para estudar e as essas são ótimas! E além de tudo esse texto está bem claro.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada, me ajudou bastante! Texto bem objetivo e esclarecedor! xD

    ResponderExcluir