domingo, 17 de maio de 2009

Bexiga urinária

A bexiga urinária é uma bolsa armazenadora de urina. Ela está localizada na cavidade pélvica, atrás da sínfise púbica. É um órgão retroperitonial, sendo que sua parte superior está em contato com o peritônio.


A bexiga é um órgão muscular oco e elástico. Nos homens ela situa-se diretamente anterior ao reto e, nas mulheres, está à frente da vagina e abaixo do útero.


A forma, o tamanho e a capacidade de armazenamento da bexiga variam de acordo com a idade e com o sexo. A capacidade média de armazenamento da bexiga urinária de um adulto está entre 700 e 800 mL.




Partes da bexiga:

- Ápice

- Fundo

- Corpo

- Colo (porção mais fixa)




Ligamentos:


- Pubovesicais (encontrado nas mulheres)

- Puboprostáticos (encontrados nos homens, sendo um medial e outro lateral)

- Retovesicais

- Umbilical mediano (é um cordão fibroso, o vestígio do úraco que se estende do vértice da bexiga até o umbigo)

- Umbilicais mediais (vestígios das Aa. umbilicais, não são importantes na fixação da bexiga)




Estrutura: a bexiga é composta por quatro túnicas: serosa, muscular, submucosa e mucosa.




Interior da bexiga:

Quando está cheia, a bexiga possui a superfície interna lisa. Ela possui uma estrutura denominada trígono da bexiga, que é uma área triangular na sua superfície posterior e é sempre lisa. O trígono da bexiga possui como limites os óstios dos ureteres (um D e um E) e o óstio interno da uretra. O trígono da bexiga é importante clinicamente, pois infecções (trigonites) tendem a persistir nesta área.



Na saída da bexiga, encontramos o músculo esfíncter interno, que se contrai involuntariamente. Inferiormente ao M. esfíncter interno encontramos o M. esfíncter externo, que é voluntário e permite a resistência à saída da urina.






Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. Vol. 2. 20ª edição. Rio de Janeiro: Guanabarra Koogan, 1995.


Clique na imagem para ampliá-la!

4 comentários:

  1. MUito bem, parabéns, resumido e completo. nota 10

    ResponderExcluir
  2. muito legal,me ajudou muito..
    parabénss!!!!

    ResponderExcluir
  3. Porque quando há uma fissura na bexiga, não é possível suturá-la?

    ResponderExcluir
  4. mas por que as infecções ocorrem na aréa do trigono??

    ResponderExcluir