terça-feira, 12 de maio de 2009

Rim

Os rins são órgãos pares, possuem a forma de "feijão" e têm coloração vermelho-parda. São órgãos retroperitoniais, ou seja, estão posicionados por trás do peritônio da cavidade abdominal. Estão situados na porção dorsal da cavidade abdominal, lateralmente a coluna vertebral, A. aorta e V. cava inferior.


Fonte: SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. Volume 2. 20ª edição. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1995.


Conforme Gray, cada rim tem cerca de 11,25cm de comprimento, 5 a 7,5cm de largura e um pouco mais do que 2,5 cm de espessura. O rim E é um pouco mais comprido e mais estreito do que o D. O peso do rim do homem adulto varia entre 120 e 170g e da mulher adulta varia entre 110 e 150g. O rim direito normalmente situa-se um pouco abaixo do rim esquerdo, devido ao grande tamanho do lobo direito do fígado.

Os rins apresentam:

a) 2 faces: uma posterior (mais abaulada) e uma anterior (mais lisa).


b) 2 bordas: uma medial (côncava, onde encontra-se o hilo renal) e uma lateral (convexa).


c) 2 pólos: um superior (mais arredondado, onde encontra-se a glândula supra-renal) e um inferior.

Glândula supra-renal (também chamada de adrenal): é uma glândula endócrina com formato triangular, localizada acima do rim (maiores detalhes sobre esta estrutura serão visto em uma próxima postagem relativa ao Sistema Endócrino).



Hilo renal: é uma fenda vertical, localizada na margem medial côncava de cada rim, onde encontramos o pedículo renal. O pedículo renal é formado pela artéria renal, pela veia renal, pela pelve renal, por nervos e por vasos linfáticos. A pelve renal (também chamada de bacinete) é a porção proximal do ureter no rim que é dilatada em forma de funil (veja postagem sobre ureter).

Diferenças entre seio renal e hilo renal: o seio renal é a escavação na borda medial do rim, já o hilo renal é o local no seio renal onde penetram os elementos do pedículo renal.



Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.


Clique na imagem para ampliá-la!


Funções dos rins:

- Regulação da concentração do sangue;

- Regulação do volume sanguíneo;

- Regulação do Ph do sangue;

- Regulação da pressão arterial;

- Liberação de hormônios;

- Excreção de substâncias estranhas.


Estruturas internas do rim:

Em um corte coronal do rim, podemos identificar duas regiões distintas: o córtex renal e a medula renal. A medula consiste em 8 a 18 pirâmides renais, que são estruturas cuneiformes. A base (estrutura mais larga) de cada pirâmide olha o córtex e o ápice (estrutura mais estreita), chamada de papila renal, aponta para o hilo do rim. As partes do córtex renal que se estendem entre as pirâmides renais são chamadas colunas renais.


Cada rim tem de 7 a 13 cálices menores (também chamados de pequenos cálices), que formam entre 2 a 3 cálices maiores (também chamados de grandes cálices). O cálice menor recebe urina dos ductos papilares de uma papila renal e a transporta até um cálice maior. Do cálice maior, a urina drena para a pelve renal e depois para fora, pelo ureter, até a bexiga urinária.



Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.

Clique na imagem para ampliá-la!

3 comentários:

  1. SO UM OBSERV, A FACE ANTERIOR Q É ABAULADA, PODE ATE OBSERVAR AS IMAGENS, PARABENS PELO BLO.

    ResponderExcluir
  2. só queria saber quem é o autor... to otimo!!!

    ResponderExcluir
  3. Legal. Muito bom o blog!
    Só senti falta da citação de algumas estruturas internas(órgãos, músculos, nervos etc.) que possuem relação com os rins.

    ResponderExcluir